A semana de Deus

Diz-se que Deus fez tudo em 7 dias, sim, até pode ser que sim, e depois?
Depois tornou-se numa espécie de mau funcionário público que só trabalha quando lhe apetece. Não. Errado.
Ao 8º dia, Deus fez as pessoas maravilhosas e inspiradoras que na vida se encontram.
Só pode ter sido Ele, em horas extra, em horas a mais nas pausas banais.

Acredito que somos directamente responsáveis por todos aqueles que cativamos, que somos nós, os mais directos e responsabilizáveis zeladores dos amores e desamores que açambarcamos para o nosso estômago. Tem de haver responsabilidade na puta da amizade! Cativas, prendes, respondes e tens de ser chamado a prestar depoimentos quando… assim é exigido!!
Às vezes e só por vezes, a mente cansa-se, troca-se, confunde-se, perde-se, desnorteia-se, baralha-se e “mete os pés pelas mãos” e consigo arrasta o corpo, trá-lo de volta ao chão, furtando-o cruelmente às obrigações da física.
Demoramos a perceber, somos mais lentos a compreender, rápidos a trocar a ordem dos factores e o pior é que, por estarmos letargicamente acordados, julgamos que estamos a pensar direito, que nada nos pesa no peito, que não há no horizonte nada que se apareça desfeito, nem sequer teria jeito, o feito de ter jeito para se ser algo mais do que a imensidão da luz cega em cada novo amanhecer, que mais não faz do que nos ajudar a perceber, que estamos acordados há tempo demais.
Que o tempo no cais, não faz o barco chegar mais depressa.
Que a fúria de viver, te pode, por vezes, mas só por vezes, fazer sofrer… e no entanto, quero lá disso eu saber!!!
Sei para onde vou e o que ando à procura, ou julgas que tudo isto é o quê? Sol de pouca dura? Dor que arde e não se cura?
Não.
Enganas-te ao desengano das noites solitárias…
Fazes-te acompanhar de sorrisos meigos e de aventuras nos dias, mais do que aqueles que antes vias, talvez até mais do que aqueles que se calhar querias.
Sentes o contentamento contente, sentes o alento na gente, sentes que tudo se passa num só de repente, mas nestas coisas, não há quem invente.
Não se vai porque se quer, vai-se porque SE TEM DE IR!!!!
Vais porque não te adiante de nada partir.
Porque a vida pode não ser aqui, mas agora é aqui que estás.
A vida pode não ser bem esta, mas agora é esta que vives.
Cala-te e come o que trouxeste de casa isto se queres ter força para levantar e bater as asas.
Não gostas de massa?
Sorri e dá-me um beijo…
Vais ver que passa.
Dou por mim com o estômago mais pequeno, embora esteja por dentro mais sereno.
Dou por mim sem saber para onde estou a caminhar, sabendo apenas que no fim de cada curva te espero encontrar, de olhos abertos, tapados pelos óculos que os protegem em meu lugar!
Mãozinha esticada, como estica a mão a criança que no alto do seu mundo apela aos “deuses” para a guiarem, ajudarem, acompanharem.
Na vida das pessoas boas, nada é vulgar, tudo é brilhante, ou pelo menos tudo brilha, tudo reluz e se traduz numa espécie de passeio, tantas vezes solitário, imiscuído num marasmo de pensamento secular e orientado para a magnânime construção de vida que faz e para o dia que se segue ao dia que se há-de seguir.
O que se pode fazer?
É possível resistir ao deslumbramento?
É possível retirar A IMAGEM do pensamento?
É possível seguir sem perder o alento?
Sim.
Segreda-se baixinho ao ouvido a beleza do que se sente.
E é assim tão sempre e tão verdadeiramente.
Haverá gente informada sobre o que realmente sente?!
Eu perco-me nos 7 dias que Deus levou para fazer tudo e mais alguma coisa… e no oitavo fez… a… pois!
No oitavo fez maravilhas!
Deus funciona a bateria ou a pilhas?
Agora que sei que o sei e que se errei, paguei.
Sinto que na verdade foi este o mais belo passo que dei, avancei, caí e do chão me levantei.
Algum dia alguém poderá dizer que vivi e não amei?
Enganam-se, quando o amor foi tudo o que mais entreguei às mãos destapadas das vidas abençoadas, por mim encontradas!
Ouço-te a chamar por mim, está na hora, vamos embora Martim!


Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s