Vidas..

Na vida passamos por momentos de singular beleza a que tantas vezes não prestamos a devida atenção e não damos a atenção e importância que estes merecem.
Tantas são as vezes em que presenciamos acontecimentos, ainda que espontâneos, de uma beleza singular, mas que no final desses dias, já nem sequer nos recordamos do que vimos.
Em contrapartida, os momentos menos positivos pelos quais passamos, fazem questão de ficar gravados na nossa mente durante horas, dias, noites, semanas, meses e talvez até por muitos, longos e penosos anos. A que se deverá esta incongruência cerebral? Qual será a justificação, se é que esta existe e é aceitável, para ignorarmos o belo e privilegiarmos o feio? De menosprezarmos a beleza da felicidade em detrimento da crueldade do miserável e hediondo?
Várias são por certo as explicações que podem ser apontadas para justificar esta falhar arquitectónica da nossa mente, mas creio que nenhuma é suficientemente expedita ao ponto de nos convencer a todos, ou pelo menos, a uma grande maioria, visto que é impossível fazer crer toda a humanidade que existe algo de positivo nessa mesma falha.
Quero acreditar que há uma razão válida e fundamentada para essa estupidez gananciosa, mas no fundo, o sol que brilha lá fora, os sorrisos das crianças, a natureza que nos rodeia, as piadas dos amigos, as vitórias do meu clube, o amor de quem me ama, o carinho que sinto por todos aqueles de quem gosto, as maravilhosas sensações provocadas pelas refeições que me fazem salivar, as bebidas refrescantes, as perspectivas de futuro, o sonho de uma família, as viagens que faço, as cidades e culturas que conheço, as fotografias que tiro, não me deixam acreditar, que exista uma razão lógica para essa prevalência do feio sobre o belo.
Antes me atrevo a afirmar que o fazemos, porque somos máquinas falíveis e dramaticamente formatadas pelas imagens com que somos bombardeados diariamente, com os conceitos e preconceitos em que nos fazem acreditar.
Revoltem-se meus amigos, a vida É BELA, e tudo o que de belo existe nela, tem de ser valorizado.
Juntos somos capazes de transformar a sociedade.
Junta-te já ao movimento de transformação social para o privilegiar do belo.
A felicidade está à tua espera, na esquina mais próxima, e não, não usa mini-saia e não fuma Marlboro 100% e no final não te pede 30 euros. Não custa nada. E vale a pena tentar.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s